Horário de funcionamento
Seg-Sex: 7:00 - 17:00
emagrecimento
17/09/2021

Como a cirurgia bariátrica leva ao emagrecimento?

Saúde
2 min de leitura

Existem diferentes objetivos quando se indica um procedimento da cirurgia bariátrica. A razão disto é que existem alguns efeitos pós-operatórios que são independentes da perda de peso.

 

Neste conteúdo, vamos abordar o tema da perda de peso com a cirurgia bariátrica em um texto mais direto e curto, para que fique bem claro para seu entendimento.

 

Cenário Inicial 

 

Existem várias mudanças fisiológicas após a intervenção para perda de peso. As principais manifestações são a diminuição da fome e o aumento da saciedade após as refeições, especialmente o bypass gastrojejunal em Y de Roux (DGJYR-bypass gástrico), a operação mais realizada em meu país. 

 

A cirurgia reduz o tamanho do estômago, para que ele possa encher-se mais rapidamente com menos comida. Ao comer menos, você perderá peso. Claro, cada caso é diferente, mas vamos falar sobre a média. 

 

No primeiro mês, os pacientes perderam em média 10% do peso. No segundo mês, a perda média de peso equivale a 6% do peso inicial, que sobe para cerca de 4% no terceiro mês. Ou seja, em três meses, você perderá aproximadamente 20% do seu peso inicial. Gradualmente. 

 

Os 20% restantes da perda de peso devem levar mais de um ano durante o processo de perda de peso da cirurgia de redução do estômago, um total de 18 meses.

 

É importante destacar que parte fundamental para a perda de peso no pós-operatório envolve atividade física e uma dieta bem equilibrada e adaptada.

 

Obesidade x Cirurgia

 

A obesidade em si é uma doença crônica e progressiva, onde a cirurgia é uma excelente forma de tratamento. 

 

A dieta balanceada de longo prazo e a atividade física são ferramentas importantes para o sucesso a longo prazo de qualquer intervenção, seja ela clínica, clínica ou cirúrgica.

 

De modo geral, podemos dizer que a cirurgia bariátrica não cura a obesidade, mas é sim uma ajuda no seu controle devendo ser associada à reeducação alimentar e atividades físicas regulares ao menos três vezes por semana. É fundamental não comer gordura, frituras, doces e bebidas com gás.

Visite também a nossa outra seção do blog, que contém dicas práticas e conteúdo útil para gestão de farmácias e distribuidoras de medicamentos.

IR PARA MINHA FARMÁCIA