fbpx

O que você ainda não sabe sobre a gravidez após a cirurgia bariátrica

É totalmente possível que a mulher possa engravidar após passar por uma cirurgia bariátrica, embora geralmente sejam necessários cuidados nutricionais especiais, como a ingestão de suplementos vitamínicos, para garantir que todos os nutrientes essenciais para o desenvolvimento do bebê e a saúde da mãe sejam fornecidos durante aquele período.

De acordo com especialistas, a fertilidade das mulheres aumenta após a cirurgia e é recomendado que as pacientes esperem pelo menos um ano após passar por esse procedimento antes de poderem engravidar.

Nutrição pós-cirurgia

Após passar pela cirurgia bariátrica, o organismo não absorve bem as substâncias. Devido às restrições alimentares, a principal preocupação é o nível de vitaminas das pessoas que passaram por este procedimento. Nesse período, é importante o monitoramento pelo nutricionista para comprovar que a pessoa tem alimentação adequada e recebe os suplementos que são necessários para completar sua nutrição.

Por que esperar 18 meses para engravidar após a bariátrica?

À medida que o estômago diminui, o corpo humano perde muito peso em um curto período de tempo: estima-se que cerca de 40% do peso corporal inicial será eliminado em 12 a 18 meses. Isso geralmente leva à perda de nutrientes e vitaminas, o que é avaliado por uma equipe multidisciplinar que contará com um nutricionista para adequar a dieta e a ingestão de suplementos vitamínicos.

O importante é que o corpo da mulher já esteja em um estado normal durante a gravidez, com isso, nem a mãe nem o bebê ficarão desnutridos. Portanto, é preciso esperar esses 18 meses.

Quais são as complicações gestacionais que a perda de peso da bariátrica pode evitar?

Quando as mulheres grávidas estão obesas, aumentam o risco de certas complicações. Essas doenças incluem diabetes gestacional, hipertensão específica da gravidez, pré-eclâmpsia e parto prematuro. Com emagrecimento e alimentação balanceada do organismo, as gestantes ficam mais seguras com sua saúde e com a saúde de seus bebês durante os 9 meses de espera pelo parto.

Além disso, há uma tendência geral de melhorar a saúde, especialmente em pacientes com comorbidades relacionadas à obesidade (como diabetes, hipertensão e apneia obstrutiva do sono).

A fertilidade aumenta depois da cirurgia bariátrica?

Sim, após a redução de peso devido à cirurgia de redução do estômago, tanto homens quanto mulheres têm maior probabilidade de ter filhos. Nas mulheres, isso ocorre porque a perda de peso ajuda a regular os hormônios. Não é incomum que a obesidade cause ciclos menstruais irregulares ou mesmo imprevisíveis. Já no público masculino, a perda de peso pode regular os hormônios que produzem a qualidade do esperma.

Como cuidar da gravidez após a bariátrica

A gravidez pós-bariátrica precisa ser acompanhada por um obstetra para que possa ser avaliado avaliar o correto desenvolvimento do bebê, porém, é muito importante que ocorra também o acompanhamento rigoroso com o nutricionista, pois é necessário adequar a dieta às deficiências nutricionais causadas pelo encolhimento do estômago.

Alguns dos nutrientes mais afetados pela cirurgia e geralmente requerem suplementação são:

Ferro: É importante para manter a produção de sangue adequada e fortalecer o sistema imunológico contra infecções.

Vitamina B12: Ajuda a prevenir alterações neurológicas no cérebro do bebê.

Vitamina D: Além de fortalecer o sistema imunológico, também ajuda a absorver o cálcio e a promover o desenvolvimento dos ossos do bebê.

Cálcio: O mineral é essencial para o desenvolvimento de ossos saudáveis ​​e para o desenvolvimento do coração e dos nervos dos bebês.

Portanto, além das consultas de pré-natal com obstetras, as gestantes também devem consultar nutricionistas regularmente para prevenir ou tratar os problemas relacionados à desnutrição.

As gestações após a cirurgia bariátrica devem ser planejadas e monitoradas por obstetras e nutricionistas para garantir que a mãe e o bebê estejam livres de deficiências de vitaminas e complicações. Recomenda-se que as mulheres também evitem a gravidez imediatamente após a operação. Geralmente, é usado um método anticoncepcional eficaz recomendado por um ginecologista, como o DIU, por exemplo.

A mulher que passou pela cirurgia bariátrica pode amamentar?

Pode sim. Ela só precisa se concentrar no acompanhamento nutricional e na suplementação orientada pelo médico, para que tanto ela como o bebê recebam todos os nutrientes necessários para a saúde, o bem-estar e o desenvolvimento.

A cirurgia bariátrica após a gravidez, é indicada?

Geralmente não é recomendado realizar cirurgia bariátrica após a gravidez, devido ao tempo que a mãe precisa para restaurar o peso que tinha antes da gravidez.

No caso de circunstâncias mais extremas, se a mulher tiver um ganho de peso muito intenso, a cirurgia pode ser recomendada por um médico.

Em qualquer caso, mesmo que a cirurgia seja realizada por meio de laparoscopia (que é uma forma menos invasiva de cirurgia), a cirurgia de redução do estômago só pode ser realizada depois que mãe tenha se recuperado completamente do parto, e com base na avaliação médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »